bella torre 6
A+ B-
Publicada em 06 de Agosto de 2014
Foto:

Reunidos na Central de Treinamento da Prefeitura de São José dos Pinhais, cerca de 70 servidores da Secretaria Municipal de Saúde iniciaram capa­citação com foco em atendimento humanizado.

Coordenadores de Unidades, chefes de Departamento e de Divisões participaram na manhã de quarta-feira (6) da aula inicial. Promovida pelas Secreta­rias de Saúde e de Administração, a capacita­ção tem o intuito de oferecer soluções em gerencia­mento, atendimento huma­nizado e gestão em saúde pública.



Reunidos na Central de Treinamento da Prefeitura de São José dos Pinhais, cerca de 70 servidores da Secretaria Municipal de Saúde iniciaram capacitação com foco em atendimento humanizado. Coordenadores de Unidades, chefes de Departamento e de Divisões participaram na manhã de quarta-feira (6) da aula inicial. Promovida pelas Secretarias municipais de Saúde e de Administração e Recursos Humanos, a capacitação tem o intuito de oferecer soluções em gerenciamento, atendimento humanizado e gestão em saúde pública e de pessoal a fim de garantir um melhor atendimento à população.

Conduzido pela chefe da Divisão de Ensino e Pesquisa da Saúde, Sarah Liz Scheffer Carneiro, a capa­citação durará até o próximo ano e terá duas turmas divididas por período – manhã e tarde. Na abertura o secretário de Administra­­ção e Recursos Humanos, José Carlos A. Silva, falou sobre a eficiência do trabalho quando se tem me­lhorias nas relações humanas. “Es­sa é uma poderosa ferramenta que faz toda a diferença no ritmo e dinâmica do ambiente de trabalho. As boas práticas de relações humanas refletem positivamente na percepção e atendimento da população”.

Para Brasilio Vicente de Castro Filho, secretário de Saúde, o conteúdo da capa­citação ajudará na padronização ao atendimento da população, desenvolvimento de ações de melhoria continuada e geren­cia­men­to. “O tipo do atendimento, o acolhimento as pes­soas fazem total diferença no bom trabalho. Essa ca­paci­tação servirá para o aprimoramento em gestão pessoal e saúde pública, onde coordenadores e chefias serão multi­pli­cadores”.



Mostra Comentarios