bella torre 6
A+ B-
Publicada em 27 de Setembro de 2019
Foto:

Tarifa reduzida em horários especiais custará R$ 3,50 e será implantada gradativamente 

 



O prefeito Rafael Greca sancionou, nesta quintafeira (26/9), o projeto de lei que flexibiliza a tarifa no transporte coletivo de Curitiba, permitindo que sejam cobrados valores mais baixos fora dos horários de pico. A tarifa reduzida começa a valer a partir de 16 de outubro, com preço de R$ 3,50, e será implantada gradativamente em 17 linhas – 14 convencionais e três alimentadores. A tarifa mais baixa - R$ 1 mais barata que a normal - valerá para os horários de 9h às 11h e das 14h às 16h e apenas para pagamento com o cartão-transporte. As 17 linhas que terão tarifas reduzidas (lista abaixo) transportam cerca de 80 mil pessoas por dia. “Nós estamos inovando, pela primeira vez criamos uma tarifa diferenciada temporal. A ideia é que as pessoas possam ir e vir entre os bairros e o Centro, na hora que não é de pico, pagando um preço menor”, disse Greca. O prefeito destacou que se trata de uma experiência, para ver se a cobrança diferenciada não afeta o equilíbrio financeiro do sistema. “Hoje já subsidiamos o sistema, com R$ 50 milhões da Prefeitura e R$ 40 milhões do Governo do Estado. Mas sendo um sucesso essa experiência, vamos ampliar para linhas de vizinhança para as regionais no futuro”, acrescentou.



Mostra Comentarios