bella torre 6
A+ B-
Publicada em 07 de Maio de 2013
Futuras mamães recebem os kits de enxoval
Foto: João Senechal/PMC

Prefeitura entregou kits para gestantes e mães no Hospital Maternidade Alto Maracanã



A Prefeitura de Colombo, por meio do Programa do Voluntariado Paranaense - Provopar, entregou no dia 06, cerca de 100 Kits de enxovais para as futuras mães que estão realizando pré-natal ou internadas no Hospital Maternidade Alto Maracanã.  

         

A iniciativa faz parte do projeto "Mãe Solidária" que prevê, em alusão ao Dia das Mães, comemorado no 2º domingo do mês de maio, beneficiar gestantes ou mulheres com filhos recém nascidos, em situação de vulnerabilidade social. O kit contém cobertor, edredom, pomada para assaduras, sabonetes, roupinhas, sapatinhos, fraldas descartáveis e creme de cabelo e ainda absorvente para a mãe.  
         

Na ocasião, a prefeita Beti Pavin falou da intenção de desenvolver ações para melhorar o atendimento à saúde no município e, citou ainda a importância de criar políticas públicas com prioridades na Educação e na Saúde. "Queremos administrar para a maioria, realizar ações que tragam bem estar para todas vocês e para nossas crianças também, que são o futuro de nossa cidade, de nosso país", disse a prefeita.
           

O vice prefeito, Ademir Goulart, saudou as futuras mamães e destacou que este trabalho faz parte da política de valorização do ser humano. "Desejamos que todas as gestantes e famílias recebam seus bebês com muita saúde e, possam viver momentos felizes. Esta atitude de estarmos aqui é uma maneira carinhosa de dizermos que o município se importa com vocês", declarou.    
           

A jovem Marcele Silos, 23 anos, mãe da pequena Natália, que nasceu no último dia 03, com dois quilos e 300 gramas, ficou emocionada ao receber o presente e agradeceu pelo apoio da Prefeitura. "Sou de uma família humilde e não tenho apoio do pai da criança, por isto adorei. Vai me ajudar bastante", falou.
           

Simone Graziela, 34 anos, mãe do quarto filho, cita que o marido ganha apenas R$1.200 por mês, para sustentar toda a família. "Este kit irá me ajudar bastante, não teria condições de comprar nem uma parte do que têm aqui", contou.
           

A assistente social da Maternidade Alto Maracanã, Anara Oliveira, informou que 95% dos procedimentos realizados no Hospital são via SUS - Sistema Único de Saúde. "Com certeza este apoio faz a diferença na vida destas mulheres. Neste momento tão especial que estão vivendo, considero que seja um zelo, um gesto de carinho", afirma.  Estatísticas comprovam que no Hospital Maternidade Alto do Maracanã são realizados cerca de 280 partos mensais e em média 3.200 partos anuais.
           

Também estiveram na entrega além da prefeita Beti Pavin, e do vice Ademir Goulart, a secretária da Ação Social e Trabalho, Maria da Silva Souza, a diretora administrativa do Provopar, Neosete de Fátima Faria da Silva e a voluntária Shirlei Goulart.


Mostra Comentarios