bella torre 6
A+ B-
Publicada em 10 de Junho de 2013
Alunos observam os objetos expostos no Museu que retrata a história dos primeiros habitantes de Colombo
Foto: Divulgação

Estudantes do 4º ano tiveram aula prática sobre os hábitos dos primeiros moradores da região



Visitar uma casa antiga e ver, através de objetos e fotos, como viviam os imigrantes italianos que se estabeleceram no município de Colombo foi uma atividade diferente para alunos do 4º ano do Colégio Cristão de Curitiba. Na tarde da última sexta-feira (07) eles visitaram o Museu Municipal Cristóforo Colombo, localizado no Parque Municipal da Uva.

 
Os alunos tiveram uma verdadeira aula sobre os costumes dos primeiros habitantes da região, ministradas pelo historiador e coordenador do Museu, Fábio Machioski, que destacou a importância da visitação, principalmente pela questão imaterial que é proporcionada aos visitantes. "Os alunos ficam encantados pelas lendas e histórias dos imigrantes, além de poderem ver como era a casa deles, os objetos que usavam, além de fotos e registros da época", explica.
Encantamento este confirmado pela estudante Mariana de Moraes Piloni, 9 anos, que disse ter gostado muito da visita, principalmente pelas curiosidades que aprendeu. "Aprendi muitas coisas, como o que significa o nome da cidade de Colombo, que é pombo macho". Além do nome da cidade e sua origem, os objetos antigos também fizeram sucesso, um exemplo foi à maquete da embarcação utilizada pelo descobridor da América, Cristóvão Colombo, item preferido do estudante Raphael Yamaguti, 9.

 
Para a professora do ensino fundamental, Mirian Schereder, que acompanhou a turma, a oportunidade dos alunos estarem fora de sala de aula faz com que eles se aproximem da realidade e percebam como a história influencia na vida deles. "Os alunos conhecem as histórias e comparam com a própria vida deles, de que maneira os hábitos antigos refletem hoje em dia", comenta. Conhecer a história "in loco" torna o aprendizado mais divertido, conta o estudante David Lucas. "Fazer visita é bem mais legal do que ficar na sala, aqui a gente pode olhar com nossos próprios olhos como eram as coisas", afirma.

 
O passeio fez parte da Feira Cultural da escola, na qual os alunos puderam conhecer a cultura de um país de cada continente. Além do público de fora da cidade, a visita ao Museu pelos moradores de Colombo é apoiada e indicada pelo coordenador Fábio Machioski. "Aqui os moradores podem reafirmar o sentimento de identificação e pertencimento com Colombo", destaca.

 
Mais informações para visitação e agendamento de grupos escolares podem ser obtidas pelo telefone 41-3656.6612, ou diretamente no Museu que fica na rua Marechal Floriano Peixoto, 8771, Centro. Horários: de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30.


Mostra Comentarios